spacer
cta.png
 
        
Home
Orientação
FPO
Formação
OriJovem/OriJunior
Ori nas Escolas
Documentos
Comunicação
Seleções Pedestre
Seleções BTT
Corridas Aventura
Ori Precisão(Trail-O)
Mapas/Cartografia
Rankings Antigos
Clubes
SPORTident
Mapa do Site
Contactos
Ligações
Presidente FPO

 

 

António Amador

 

Lê a sua mensagem:

 

LER

Boletim Mensal

Nome:
e-mail:


(Cancelar subscrição)

 
Informação relativa às provas (inscrições, partidas, resultados, etc) encontra-se no OASIS.

Ori-Trail Rogaine - Pontuação de Atletas de Organização - Esclarecimento
14-Nov-2017

Analisadas algumas dúvidas relativas à atribuição de pontuações para o ranking da Taça de Portugal de OriTrail/Rogaine (previsto no n.º 7 do artigo 155 do RC2017) referente a elementos das equipas envolvidos na organização de eventos, ouvida a Comissão Técnica da Disciplina, a Direção da Federação Portuguesa de Orientação-FPO esclarece via ofício com a referência 041-PC/2017.

Ofício


 
“Troféu-Aniversário” Ori-mondego
14-Nov-2017

 


Dia 18 de novembro festeja-se na Figueira da Foz, em São Pedro, Cova-Gala, o terceiro aniversário da Associação Desportiva do Mondego (Ori-mondego), comemorado com o Troféu Ori Mondego, evento composto de duas provas pontuáveis para duas das Taças de Portugal, organizado pelo clube aniversariante com o apoio da Câmara Municipal da Figueira da Foz.

 

De Manhã: Orientação de Precisão

Numa fração do mapa de São Pedro, às 10.00 horas da manhã iniciam-se as partidas da derradeira etapa pontuável para a Taça de Portugal de Orientação de Precisão 2017, disciplina de Orientação que permite a competição simultânea de atletas com e sem deficiência, divididos apenas por duas classes, a Aberta e a Paralímpica, com mulheres e homens a disputar entre si os títulos da mesma classe.

 

Esta competição faz parte dos critérios de apuramento da Seleção Nacional de Orientação de Precisão para os Campeonatos da Europa e do Mundo de Orientação de Precisão de 2018, o primeiro a disputar de 26 abril a 1 de maio na Eslováquia e o segundo de 4 a 10 de agosto na Letónia.

 

Na prova estarão líderes da Taça nas duas classes de competição. Na Paralímpica, Ricardo Pinto, atleta do Desporto Adaptado do Hospital da Prelada. Na Aberta, Inês Domingues, atleta do Clube de Orientação do Centro.

 

Ricardo Pinto, atleta da DAHP – líder da Taça de Portugal na classe Paralímpica

Foto: Duarte Gonçalves

 

De Tarde: Orientação Pedestre e Comemoração do Aniversário

No mesmo mapa de São Pedro, às 14.00 horas tem início a etapa pontuável para a Taça de Portugal Vitalis de Orientação Pedestre 2017, a mais antiga das disciplinas de Orientação.

 

Desta feita, uma competição de distância longa, com partida de atletas num modelo pouco comum no nosso país, a partida em massa, ou seja, a partida simultânea de todas e todos os participantes nos escalões de competição.

 

Na partida estarão mais de três centenas de participantes, dos 4 aos 79 anos de idade. A mais nova é a Benedita, do Clube de Orientação de Estarreja (Ori-Estarreja). O mais veterano é Joaquim da Costa, do Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos.

 

Atletas Veteranos em competição, numa prova de Orientação Pedestre

Foto: Filipe Reinoite

 

Esta disciplina pode também ser praticada em lazer, tanto de forma individual ou em grupo. A organização do Troféu Ori Mondego tem elementos disponíveis para apoiar e ajudar a dar os primeiros passos na modalidade.

 

Desporto em Família e para toda a família, todas as Provas da Taça de Portugal dispõem do serviço Babysitting, no qual as crianças podem brincar enquanto mães e pais praticam a modalidade.

Não hesitem, apareçam no Parque Merendas Cova Gala.

Pai e filha num percurso aberto de orientação pedestre

Foto: João Alves

Programa do evento:

10h00 – Início das partidas Taça Portugal Precisão – PreO

14h00 – Partidas Taça Portugal Pedestre

17h00 – Comemoração do 3º Aniversário da ADM – Ori Mondego e entrega de prémios

 

Artigo no Praticante sobre o evento: Site

Inscrições prova pedestre: Site

   Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de email

 
Campeonato Nacional de TempO em Sesimbra - Inês Domingues outra vez
03-Nov-2017

O Grupo Desportivo União da Azoia, com o apoio da Câmara Municipal de Sesimbra, organizou no feriado de 01 de novembro, no espaço interior das muralhas do belo castelo daquela vila, a quarta edição do Campeonato Nacional de TempO 2017, evento no qual se disputavam os títulos nacionais desta vertente competitiva de Orientação de Precisão.

 

 foto retitada do site.

 

A particularidade principal de uma competição de TempO a disputa dos títulos nacionais num único escalão ou categoria. Sejam Damas ou Homens, sejam praticantes de classe aberta ou paralímpica, os desafios e as condições de participação são iguais para todos e todas, sendo o grande desafio conseguir descobrir o mais rápido possível o maior número de respostas corretas.

 

Sem surpresas, a principal candidata, Inês Domingues, do Clube de Orientação do Centro, sagrou-se Campeã Nacional, título que havia conquistado por duas ocasiões, em 2014 e 2015. Recuperou assim o título que o seu irmão, Edgar Domingues, lhe arrebatara em 2016. “Muita experiência de orientação pedestre, alguma experiência de orientação de precisão e um bocadinho de sorte” é, de acordo com Inês Domingues, a fórmula para as suas vitórias. Porém, todos sabem que há muito talento.

 

O Vice-Campeão Nacional foi Nuno Pires, do clube de Orientação de Estarreja, repetindo o mesmo resultado do ano passado. Luís Gonçalves, do Clube Português de Orientação e Corrida, foi O terceiro classificado.

 

De destacar a presença e prestações de três atletas paralímpicos do Desporto Adaptado do Hospital da Prelada, Ricardo Pinto, Cláudio Poiares e Ana Marques. O melhor classificado foi Ricardo Pinto, na oitava posição do Campeonato Nacional, acabando por ser o melhor classificado da classe paralímpica, numa competição em que há apenas uma categoria, como já foi referido.

 

 

 Ricardo Pinto na última estação cronometrada.

Foto: Miguel Angel Garcia (Espanha)

 

Pódios do Campeonato Nacional de TempO

1º Lugar: Inês Domingues (Clube de Orientação do Centro, Leiria)

2º lugar: Nuno Pires (Clube de Orientação de Estarreja, Estarreja)

3º Lugar: Luís Gonçalves (Clube Português de Orientação e Corrida)

 

Vídeo: O campeão nacional de 2016, Edgar Domingues, do Clube de Orientação do Centro, num ponto cronometrado.


Antes de encerrar, não se pode deixar de dar uma palavra de agradecimento aos organizadores deste Campeonato Nacional de TempO, o Grupo Desportivo União da Azoia, bem como o diretor técnico da competição e o seu supervisor, Jorge Baltazar e Nuno Rebelo, pela forma pronta com que aceitaram a proposta de organizar o evento, mesmo reconhecendo a elevada exigência de uma prova desta natureza.

 

Os organizadores estiveram à altura de hercúlea tarefa, proporcionando agradáveis desafios a todos os participantes. Não é de estranhar, considerando o histórico de qualidade técnica das organizações de Orientação de Precisão em Portugal, o que motiva a presença habitual do atleta paralímpico espanhol Miguel Angel Garcia.

 

Em 2019 a Federação Portuguesa de Orientação organiza o Campeonato do Mundo de Orientação de Precisão, no Município de Idanha-a-Nova, mais uma vez palco de um dos maiores eventos mundiais da modalidade.

 

Próximo Evento Orientação de Precisão

No dia 18 de novembro realiza-se na Figueira da Foz a próxima prova pontuável para a Taça de Portugal de Orientação de Precisão 2017, o Troféu Ori Mondego.Site: http://adm.admondego.pt/

 
Apresentação ISOM 2017 - 02 dezembro
03-Nov-2017

O departamento de cartografia pretende levar a cabo no dia 2 de dezembro, em Mora, no decorrer do Campeonato Nacional Absoluto 2017 uma apresentação do ISOM 2017.

 

 Nota:

 A ação serve para apresentar o ISOM 2017 e as principais alterações introduzidas relativamente ao ISOM 2000. 

A ação destina-se a cartógrafos, independentemente do seu nível, supervisores e a atletas ou dirigentes interessados. 

ISOM 2017

 

 
V Costa Alentejana “O” Meeting – Nova vitória de Mariana Moreira
03-Nov-2017

A Taça de Portugal VITALIS de Orientação Pedestre regressou no passado fim de semana a Grândola e Santiago do Cacém, para a quinta edição do Costa Alentejana “O” Meeting, organização conjunta do Clube de Orientação e Aventura do Litoral Alentejano e do Clube da Natureza de Alvito, com o apoio dos municípios de Grândola e Santiago do Cacém, colaboração da Junta de Freguesia de Azinheira dos Barros e São Mamede do Sádão e da União de freguesias de Santiago do Cacém, Santa Cruz e S. Bartolomeu da Serra e as facilidades do Monte das Figueiras - Casas do Rio Sado.

 

 

Dos 4 aos 75 anos, atletas de diversos escalões aguardam pelo seu tempo de partida.

Foto: Organização

 

De 6 nacionalidades diferentes, Portugal, Espanha, Suécia, Eslováquia, Turquia e Finlândia, o V Costa Alentejana “O” Meeting levou quatro centenas de atletas ao Litoral Alentejano, para disputar duas etapas de floresta.

 

No sábado, realizou-se a primeira, uma competição de distância média no Monte das Figueiras, em Santa Margarida do Sado. Terreno de montado, na generalizada uma zona muito plana, permitia aos atletas atingirem grandes velocidades, alternada com uma encosta de relevo médio com muitos pormenores de relevo.

 

No escalão elite masculino, o experiente Manuel Horta, do clube da Gafanhoeira, fez o melhor tempo do percurso, vencendo com uma vantagem de um minuto sobre o jovem Ricardo Esteves Ferreira, da Associação de Deficientes das Forças Armadas – delegação de Évora, atleta que fez a sua incursão no escalão mais competitivo.

 

Manuel Horta, a controlar um ponto de controlo enquanto verifica a direção de saída para o próximo.

Foto: organização

 

No escalão elite feminina, a checa Stepanka Betkova, da Associação Desportiva do Mondego, foi a vencedora da etapa, batendo Mariana Moreira, do Clube Português de Orientação e Corrida, atleta que lidera o Ranking da Taça de Portugal neste escalão.

 

 

 Stepanka Betkova, no último ponto de controlo da segunda etapa.

Foto: organização

 

No domingo realizou-se a segunda etapa, uma competição de distância longa, em Relvas Verdes, Santiago do Cacém, num terreno variado, com uma boa rede de caminhos, áreas de relevo médio e plano e zonas de floresta.

 

Um erro de colocação de um dos pontos de controlo motivou a anulação do percurso de 2 escalões, para desse modo se garantir a justiça dos resultados. O escalão elite masculina foi um dos percursos anulados. Contando para o evento apenas a primeira etapa, Ricardo Esteves Ferreira, da Associação de Deficientes das Forças Armadas – delegação de Évora foi o vencedor do escalão, uma vez que Manuel Horta havia corrido extra competição no dia anterior.

 

Na elite feminina, Mariana Moreira, do Clube Português de Orientação e Corrida, mostrou a razão pela qual lidera o ranking do seu escalão, vencendo um elevado número das etapas. Foi a mais forte, vencendo de forma clara as suas opositoras. No pódio, por esta ordem de classificação, Mariana Moreira esteve acompanhada pela eslovaca Barbora Pjakova, a checa Stepanka Betkova e as portuguesas Susana Pontes e Emília Silveira.

 

Pódio da elite sénior feminina: Susana Pontes, Emília Silveira, Barbora Pjakova, Mariana Moreira e Stepanka Betkova.

Foto: organização

Vencedores do evento:

H14: Rodrigo Lima (Amigos da Montanha, Barcelos)

D14: Ellen Pelander (OK Djerf, Suécia)

H16: Tiago Lampreia (Associação dos Deficientes das Forças Armadas, Évora)

D16: Joana Branco (Associação dos Deficientes das Forças Armadas, Évora)

H18: André Ferreira (Associação Desportiva do Mondego, Figueira da Foz)

D18: Raquel Henriques (Clube Português de Orientação e Corrida, Oeiras)

H20: Bernardo Pereira (Associação dos Deficientes das Forças Armadas, Évora)

D20: Beatriz Sanguino (Clube Português de Orientação e Corrida, Oeiras)

H21E: Ricardo Esteves (Associação dos Deficientes das Forças Armadas, Évora)

D21E: Mariana Moreira (Clube Português de Orientação e Corrida, Oeiras)

H21A: André Esteves (Clube de Orientação do Centro, Leiria)

D21A: Inês Aires (Clube de Orientação de Estarreja, Estarreja)

H21B: José Patrício Lopes (Ludens Clube de Machico, Madeira)

D21B: Dora Ferreirinha (Associação Cultural Recreativa e Desportiva do Bairro do Cansado, Castelo Branco)

H35: Bruno Nazário (Clube de Orientação de Estarreja, Estarreja)

D35: Marta Fonseca (Associação dos Deficientes das Forças Armadas, Évora)

H40: Jorge Correia (Associação dos Deficientes das Forças Armadas, Évora)

D40: Maria Josefa Molina (ADOL, Espanha)

H45: António Amador (Clube de Orientação de Estarreja, Estarreja)

D45: Ana Casal (Clube de Orientação de Estarreja, Estarreja)

H50: Santos Sousa (Associação dos Deficientes das Forças Armadas, Évora)

D50: Isabel Monteiro (Clube de Orientação do Centro, Leiria)

H55: Jean-Charles Lalevee (Clube da Natureza de Alvito, Alvito)

D55: Luísa Mateus (Clube de Orientação do Centro, Leiria)

H60: Álvaro Coelho (Associação Desportiva do Mondego, Figueira da Foz)

D60: Maria São João (Clube de Lazer, Aventura e Competição do Entroncamento, Entroncamento)

H65: Costa Leite (Montepio Geral, Lisboa)

D65: Sinikka Ovaskainen (Clube de Orientação da Gafanhoeira, Gafanhoeira)

H70: Francisco Coelho (Clube TAP Air Portugal, Lisboa)

H75: Jorma Ovaskainen (Clube de Orientação da Gafanhoeira, Gafanhoeira)

Site

 

A próxima etapa da Taça de Portugal VITALIS de Orientação Pedestre é no próximo dia 18 de novembro, data em que se disputa na Figueira da Foz o Troféu Ori Mondego.


 
Newsletter nº 50 - novembro
31-Out-2017
 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 78 - 88 de 1428
spacer
 

 

Foto em Destaque

Próximas Atividades

(todas as provas têm escalões de iniciação)


Orientação Pedestre

Orientação em BTT

Corridas Aventura
(terminou a época)

    Ori-Precisão & Ori-Adaptada

    Ori-Trail / Rogaine

    Formação


    - © 2018 Todos os direitos reservados
    spacer
    Apoios
    Patrocinadores
    Parceiros